13 fevereiro 2009

Amor


Era uma vez uma menina cansada de procurar um rapaz que a tirasse do sério, que ligasse a montanha russa da sua vida, que lhe mostrasse coisas novas, que a fizesse feliz...
Era uma vez um menino com namorada, mas infeliz e cansado dessa relação.
Dias, semanas e meses a trocarem longos olhares e nunca uma palavra.

Finalmente a coragem para um convite, uma conversa finalmente, um abrir corações, de sensações, de sentimentos, de curiosidades, de visões... Revelações que mostraram tanto em comum, tanta necessidade de apoio mútuo, tanta vontade de estar juntos. Paixão, amor, um conjunto de novos sentimentos desconhecidos àquela menina. Descobertas de si mesma, das suas vontades, da sua personalidade, da sua capacidade de contariar os seus próprio ideais.

Sofrimento. Dor. Sentimento de rejeição. A menina cheia de princípios era agora "a outra", a amante, a má da fita...
Mas a menina não queria isso. A menina queria o seu amor por inteiro.Queria poder passear na rua de mão dada, apresentar o seu grande amor aos amigos, ir a sitios publicos, jantar fora, ir ao cinema...
Seis meses de luta por um amor que lhe pretencia.

E finalmente as novens deram lugar a um brilhante sol, cheio de luz, calor, alegria e feliciade.Esse sol ainda hoje brilha, cada dia mais intenso, mais brilhante e mais eterno! O sol que me ilumina a cada dia, que me faz feliz, que me completa, que é só meu e que é eterno.
Neste dia de São Velentim, renovo os meus votos para mais um ano de paixão, felicidade e de cumplicidade.

9 comentários:

laetitiasweeneyrose disse...

:) gostei do blog!

Sem Jeito disse...

reconheço mt coisa da minha história nas tuas palavras! gostei mt

VM disse...

hummm... tenho de ser mau, mas ainda há pouco escrevi sobre traições... ehehehe mas ok, percebi a dica... se estas feliz eu tb estou... ponto final.

=)

CG disse...

Quem disse que o amor era fácil? Mas agora estás a ter a tua recompensa. Votos de muitas felicidades ;) Big Kisses

Saltos Altos Vermelhos disse...

nada nada fácil o amor!

Summer disse...

Talvez seja outro caso de "live fast, die young", mas se este ano o óscar não fosse dele, a injustiça era tremenda! Eu, que até nem seguia de perto a sua carreira, estou completamente obcecada pelo Joker, fã mesmo...fã de uma personagem vilã? Ah poissss, ;), chegou a esse ponto o talento do Heath!!!

Pedro Barata disse...

Seis meses, muito tempo... Não aguentava tanto, nem de perto nem de longe. Mas frutificou, sê feliz!
Beijocas

ZapporssoN_81 disse...

Sei o k isso é... mas nao tive tanta sorte no final feliz...
Goza-o até à última gota ;)

Poupinhas disse...

Olha que bonito :)
Ainda bem que a tua história está a ter um desenrolar feliz :)*
Temos que lutar pelo que pertence ao lado esquerdo do nosso corpo:)*